contact us

Use the form on the right to contact us.

You can edit the text in this area, and change where the contact form on the right submits to, by entering edit mode using the modes on the bottom right.

           

123 Street Avenue, City Town, 99999

(123) 555-6789

email@address.com

 

You can set your address, phone number, email and site description in the settings tab.
Link to read me page with more information.

IOT HCFMUSP

Idealizado pelo Prof. F. E. Godoy Moreira, Professor Titular da Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo leva o nome de seu fundador: Instituto de Ortopedia e Traumatologia F. E. Godoy Moreira.

No início dos anos 50, São Paulo experimentava uma epidemia de Poliomielite Anterior Aguda (“Paralisia Infantil”). Coube ao Governo do Estado de São Paulo, com auxílio de verba federal, construir e inaugurar, no dia 31 de julho de 1953, o hoje denominado Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT), integrando o Complexo Hospital das Clínicas.

Ao novo Instituto coube a função de receber os casos de Poliomielite Anterior Aguda, em fase de comprometimento respiratório. Para isso, contava com toda infraestrutura necessária. Os pacientes com suspeita clínica desta afecção eram examinados e triados por médicos ortopedistas. O Pronto Socorro do IOT chegou a ter mais de 120 pacientes internados com necessidade de assistência respiratória constante.

Atualmente, o IOT ocupa dois edifícios: o primeiro com 10 pavimentos e o segundo com quatro, totalizando 25.000 m² de área construída. Ambos estão destinados ao tratamento das enfermidades do aparelho locomotor. O IOT conta ainda com sete laboratórios de especialidades e um corpo clínico com aproximadamente 160 médicos, entre os quais: ortopedistas, residentes na especialidade e um grupo próprio de anestesiologistas. Ainda fazem parte deste grupo: pediatras, geriatras, fisiatras, cirurgiões de tórax e plásticos, urologistas e cardiologistas, os quais dão apoio médico aos pacientes em tratamento ortopédico.

Como um dos Institutos do Complexo HC, o IOT está hoje subordinado administrativamente à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. Por lei pode admitir pacientes particulares e conveniados (na proporção máxima de 20%) e para tal possui um andar exclusivo com todos os recursos de um hospital privado.

Cientifica e academicamente o IOT subordina-se à Universidade de São Paulo, por meio do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da FMUSP. Envolve-se com o ensino, em nível de graduação, residência e pós-graduação, formando mestres e doutores e oferecendo cursos de especialização proferidos todas as semanas e abertos aos ortopedistas e profissionais afins.

O IOT tem sido pioneiro em várias áreas e se caracteriza pela credibilidade no atendimento à população. Está entre os maiores hospitais de Ortopedia e Traumatologia da América Latina e entre os principais Centros de Pesquisa do Brasil.